sexta-feira, 2 de abril de 2010

Terrinha

Foi rápido mas foi bom demais!
Minha passagem quase surpresa e relâmpago pelo Brasil teve de tudo um pouco: almoços, viagens, cafés, visitas, cerimônias e como não poderia faltar, muita, mas muuuuuita risada!
(Só não teve mais risada do que fotos, claro.)
A parte totalmente dispensável da viagem ficou por conta do calor INFERNAL de Mogi Mirim: 200graus na sombra com sensação térmica de 300.
Não estou mais acostumada com isso… Foram 10 anos vivendo na poluída porém agradável temperatura de São Paulo e mais 2 em Sydney. Sem falar que nesse meio tempo se tornaram visíveis os resultados do aquecimento global, o que elevou Mogi Mirim ao 2o lugar no meu ranking de lugar mais quente da face da terra, perdendo única e exclusivamente para o inferno.
Mas para meu alívio existe Campos do Jordão! E o final de semana por lá foi ótimo, não só por que as reações químicas do meu cérebro voltaram a acontecer uma vez que ele estava operando na temperatura recomendada pelo fabricante, mas principalmente pelas agradáveis companhias.
É curioso como as pessoas que passaram a infância/adolescência juntas quando se encontram insistem em agir da mesma maneira, não é mesmo? Hahaha! Adoro vocês!
Será que é só flash-back ou a gente nunca cresceu mesmo? Qualquer que seja a resposta, acho que prefiro não saber porque seria filosófica e madura demais!!!
Passo…
Falando em madura, a única criança autorizada a utilizar esse título na história toda, mais conhecida por Lia, não tinha espaço nem no seu próprio edredom, que foi invadido por pessoas com mais ou menos 15 vezes o tamanho e peso dela. E a pobre criança teve que engatinhar no chão frio de Campos!!!
E ainda sobre essa coisa fofa, só quem viu o nosso encontro no aeroporto pode descrever o que foi aquilo! Primeiro a boneca segurando a placa de boas-vindas com as próprias mãos e depois o grito de reconhecimento: “Ahhhh!!!”, como quem diz: “Você por aqui?!”.
(Tudo bem que no dia seguinte, quando eu apareci no berço dela já cedo enquanto os pais ainda dormiam, ela fingiu que não estava me vendo. Isso demonstra que já está seguindo as recomendações dos pais de não falar com estranhos!)
E quem diz que criança não enxerga tela de computador ou TV tá profundamente enganado porque essa menina conhece cada marca do meu rosto pelo skype há uns bons meses! (Veja bem, eu falei em marca e não ruga, até porque o comentário geral foi que eu estou muito bem, obrigada!!! “Melhor do que nunca”, pra se exata. É ótimo ficar tempos sem ver as pessoas, elas são tão calorosas com você. Melhor ainda é usar anti-idade da La Roche, funciona mesmo!)
No mais, foi tudo fantástico.
E como diriam por aí: “passagem da Austrália pro Brasil: muitos dólares. Presente pra família inteira: muitos outros dólares. Rever pessoas muito queridas e matar as saudades: não tem preço.”
E como para todas as outras existe Master Card, deixa eu ir trabalhar pra pagar a fatura!
(Hi... Acabei de lembrar que pedi demissão antes de ir pro Brasil. Mas isso fica pra outro post!)

7 comentários:

Anônimo disse...

Cintia querida,
aabamos de ler o seu blog, adoramos... e jantamos olhando para o mar na rivi....comendo ovos de pascoa...
pena q estao tao loooonge. Acompanharemos seus passos no blog!!! bjs, sds
Estela, Denise, Mauricio, Marina, Helio, papi e mami

Anônimo disse...

Irmazinha querida, achei dispensáveis os comentários detonando a nossa querida Mogi. Vc nao entendeu nada, nao era aquecimento global, era calor humano!!!

cleo disse...

Cíntia


Belo texto!!!!!!!!
Todos gostaram lá na Riviera...
Bjs Cleo

_Thiago disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
_Thiago disse...

Valeu a passagem por Campos, Prima. Obrigado pelo convite....
Assim que eu conseguir tirar aquelas fotos e videos do meu celular, mostramos para todos quanto "granito" choveu no palacio dos bandeirantes.... e como é legal ficar zuando aquelas estatuas vivas..... kkkk
bj

Cintia Mistro disse...

Nossa... eu tinha esquecido dessas partes!!! Esperando pra ver as fotos, bjs

Anônimo disse...

Eu adorei te rever, a cada reencontro vc está mais linda!!
Pena que não fui pra Campos, mas não faltará oportunidades.
Te amo amiga
bjs com amor e luz

Thaís