domingo, 3 de agosto de 2008

Um olho no peixe e outro no passaro


O Darling Harbor não é mais o mesmo depois que ontem, em plena luz do dia, eu fui assaltada por uma gangue...


Tínhamos ido ao Boat Show e para descansar fizemos algo que é muito comum aqui na Austrália: compramos uma caixinha de 'fish and chips' e sentamos na beira do mar pra ficar olhando a vista, que essa semana estava ainda mais especial já que os barcos da feira estavam expostos dentro na água.


Na caixinha de ‘fish and chips’ vem uma porção de batatas fritas, uns dois filezinhos de peixe fritos e o mais normal é comer tudo com a mão mesmo. (Aliás, garfo, faca, e, principalmente guardanapos, não são tão obrigatórios por essas terras...)


Como em todo lugar turístico `a beira-mar, aqui também tem pássaros que ficam rodeando as pessoas em busca de comida, até porque sempre tem alguém com a brilhante idéia de alimentá-los, e aí vira aquela gritaria, briga, bicadas e salve sua cabeça da mira dos bichos... A vantagem é que ao invés das nossas pombas nojentas, aqui são gaivotas.
Quer dizer, nem tão vantajoso assim...


Abri minha caixinha, peguei o primeiro filé de peixe e dei uma mordida.


Uma gaivota começou a se aproximar. Ela chegava bem perto, secando minha comida. Quando eu a encarava ela virava a cabeça pro lado, como se não estivesse fazendo nada. Muito cínica!


Eu tentando assustá-la, mas a bicha nem aí pra mim.


Comi umas batatinhas, e o Leandro gritou: ‘Tem uma em cima da sua cabeça!’ Era uma outra gaivota dando rasantes sobre mim.


Continuamos por ali mais um pouco (sim! Insistimos no erro!), tentando comer em paz. Era uma batata e um grito pra gaivota que ficava me rodeando.


Dali a pouco peguei meu peixe de novo pra dar mais uma mordida e, antes que pudesse fazer isso, comecei a brigar de novo com a mesma gaivota que continuava me ameaçado desde o começo.


Enquanto eu tentava tocá-la com a mão e com meus gritos, segurando o peixe na outra pra mantê-lo a salvo dela, vem uma outra por cima e em uma fração de segundos... Pah! Levou o peixe da minha mão!!! Inteiro!!!


Eu não acreditei! Demorou alguns segundos (bem mais do que os que ela levou pra me assaltar) pra cair minha ficha e eu me tocar do que tinha acontecido.


Elas eram da mesma quadrilha!!! Enquanto uma me distraia a outra se preparava para o golpe. Depois de roubar todas correram juntas pra mesma direção pra dividir o produto do roubo. Impressionante!


Deveria virar case de estudo pro povo de marketing que gosta tanto de discutir trabalho em equipe, liderança, essas coisas. Isso sim é equipe em sintonia!


A australiana que estava sentada atrás de mim tentou se controlar por alguns segundos, por educação, ate que não agüentou e caiu na risada bem alto, pedindo desculpas várias vezes por estar rindo de mim!


Era digno de...

3 comentários:

cleo disse...

Filhinha ...

Vê se fica mais esperta da próxima vez !!!!
Bjs Mami

Luiz Sussi disse...

Poxa... já vi qual foi seu erro

no seu momento de desespero em qual lingua vc gritou com o bixo!?

viu, provavelmente foi ae!

Anônimo disse...

Nao sei o qué é pior, vc assaltada pela gaivota ou eu pelo bode que roubou o mapa da minha bolsa!!!!